Uso de energia solar cresce no Brasil

O mercado de energia solar vem conquistando espaço no Brasil. Atualmente, se compararmos “os telhados solares com a energia gerada por meio hidrelétrico, é como se em nosso país já tivéssemos 57% da potência instalada de uma usina de Itaipu que também abastece o Paraguai. Entretanto, existe ainda a vantagem do desenvolvimento sustentável.

No âmbito global,  COP 26, Conferência do Clima realizada em Glasgow, na Escócia, a fonte solar consolidou-se como uma das soluções para diversificar a matriz energética e reduzir a emissão de gases do efeito estufa das principais economias do planeta nas próximas décadas. Segundo a Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), o Brasil, que hoje ocupa a 14ª posição neste mercado, tende a subir para o sexto lugar nos próximos dois anos a partir dos investimentos previstos. 

Dados da Absolar mostram que apenas 0,9% dos 88 milhões de consumidores de energia elétrica no país fazem uso do sol para produzir energia, mas aos poucos esta realidade está sendo modificada. Até outubro deste ano o país contava com 800 mil unidades consumidoras de energia de fonte solar, o que significa 450 mil instalações em relação a todo 2020.

Tal crescimento é resultado de fatores como a tecnologia ter se tornado mais acessível, o preço elevado da conta de luz cobrado pelas concessionárias impactado pela crise hídrica que o país enfrenta e o aumento do consumo de energia provocado pelo trabalho remoto na pandemia.

Sustentabilidade e o futuro

 

Procura ser uma empresa mais sustentável? Daremos aqui algumas dicas de como podemos mudar nossas atitudes no dia-a-dia e contribuir para um mundo mais limpo hoje e no futuro.

 

Com certeza a começar pelas influências e quem você se relaciona, tanto como pessoa quanto como instituição são um grande passo para mudanças. Quem você escolhe para ser seu fornecedor, por exemplo. Empresas que trabalham com garantias de preservação com o meio ambiente e que tem padrões altos de qualidades são sempre as melhores. Acredite, uma boa reputação vale mais do que o dinheiro investido.

 

Outro ótimo passo é pensar na infraestrutura, usar sensores de presença, incentivar a reciclagem, usar materiais reciclados, colocar plantas vivas no ambiente de trabalho e dentre outras atitudes é uma ótima forma de mostrar como a empresa se relaciona com iniciativas de preservação. Além de ser uma atitude orgânica, ajuda os funcionários a entenderem também seu papel na sustentabilidade junto a empresa.

 

Existem muitas outras maneiras de começar e ajustar, mas pensar no básico é essencial, ser sustentável não só pensar no meio ambiente, é pensar no nosso comportamento e principalmente ser responsável com as gerações futuras.

Crescimento de energia solar fotovoltaica atinge 140% em 2018

Se existe hoje no Brasil uma forma de investimento mais lucrativa do que qualquer outra, essa com certeza é a aquisição de um sistema de energia solar fotovoltaico para a geração própria de energia elétrica.

 

Nos último 10 anos, os equipamentos apresentaram uma queda de 80% em seus custos, segundo dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), o que reflete na redução do prazo médio para retorno sobre o seu investimento, o qual fica entre 4 e 5 anos para um sistema residencial hoje no país.

 

Com uma vida útil de mais de 25 anos e potencial para atender até 100% do consumo elétrico de qualquer tipo de estabelecimento, esses sistemas possibilitam uma redução de até 95% na conta de luz, graças ao sistema de créditos energéticos criado pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) em 2012.

 

Desde então, esse segmento de geração distribuída cresceu de forma exponencial no Brasil ao longo dos últimos anos, atingindo hoje um público de mais de 46 mil consumidores que se dividem entre residenciais, comerciais, agronegócios, indústrias, poder público, entre outros.

 

E 2018 não foi diferente, com o número de sistemas instalados quase que dobrando em relação aos de 2017, foram 13.568 no ano passado e 24.890 até o momento este ano. Na potência instalada desses geradores o crescimento foi de mais de 140%, com as instalações de 2018 somando mais de 291 Megawatts.

 

Muito desse crescimento recente do segmento de geração distribuída veio graças as novas modalidades de geração criadas pela regulamentação de 2015, assim como as linhas de financiamento oferecidas por bancos públicos e privados que ampliaram o público da tecnologia, o qual deverá chegar a 886.700 brasileiros até 2024, segundo a projeção da ANEEL.

 

Fonte: Erika Michalick – Portal Celulose ( https://bit.ly/2A1toyM )

Como financiar energia solar

Quer produzir sua própria energia solar e reduzir a conta de luz? Em 2018 vários banco passaram a ter financiamento específico para isso.

 

Hoje, no Brasil, temos mais de 33 mil sistemas fotovoltaicos conectados a rede e mais 76% são residenciais.  Os valores dos equipamentos podem variar de acordo com o tamanho do sistema. No entanto, hoje existem algumas formas de financiamento.

 

Banco da Amazônia

O Banco da Amazônia oferece financiamento em residências da região Norte, por meio do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO)  No momento, o banco já oferece essa alternativa para empresas e também para o setor rural.

 

Banco do Brasil 

Banco do Brasil Começou a oferecer em julho deste ano um consórcio para a compra e instalação de placas solares em residências. Não cobra juros, mas há uma taxa de administração, que soma 15% no período do consórcio.

 

Banco do Nordeste

As taxas de juros e as condições de carência são idênticas às oferecidas pelo Banco da Amazônia: os juros variam de 1,14% ao ano + IPCA até 3,27% ao ano + IPCA. A carência para o início do pagamento é de seis meses.

 

Bradesco

O banco Bradesco trabalha com financiamento para sistemas de energia solar residenciais há um ano, tanto para pessoa física quanto jurídica, mas apenas para correntistas. Os juros ficam entre 1,8% e 1,86% ao mês, conforme o prazo, que pode ser de até 60 meses.

 

Santander 

Desde agosto  o banco Santander financia equipamentos de energia solar, com juros a partir de 0,99% ao mês. Serão oferecidos R$ 400 milhões em crédito.

 

Fonte: https://bit.ly/2NUjBTh

A NeoSolar participou de congresso estudantil

No último final de semana de agosto a NeoSolar esteve presente na Universidade Federal do ABC, em São Bernardo do Campo, SP, onde foi realizado o III Congresso Estudantil do IEEE PES, organizado pelo IEEE PES Professional Chapter da Seção Sul do Brasil e apoiado pelo IEEE UFABC Student Branch.

 

O Congresso  que ocorre a cada dois anos em sedes transitórias pelo mundo e tem como missão o intercâmbio de conhecimento dos estudantes e outros profissionais com foco na difusão tecnológica, potencializando o aprendizado de habilidades extras nas específicas áreas de atuação.

 

Durante o evento ocorreram palestras técnicas e motivacionais, workshops, visitas técnicas, atividades culturais e de integração entre os estudantes, com o intuito de ampliar a importância da participação dos membros.

 

Veículos elétricos, prepare-se para ter um!

Cada vez mais os carros elétricos fazem parte do cotidiano mundo a fora e nos últimos anos tem deixado de ser exclusividade dos asiáticos ou europeus. Os brasileiros vão pouco a pouco se habituando com nessa nova realidade, buscando mais informação sobre os carros e também sobre a infraestrutura que os torna viável.

 

Por esses aspectos que nós, que já somos referencia em energia solar fotovoltaica, também nos tornamos líderes no mercado de infraestrutura para carros elétricos.  Desta forma, fomos convidados a traçar um panorama sobre esse ambiente através de um artigo para a Revista Potência.

 

Aproveite a leitura!

CONSUMIDORES BRASILEIROS UTILIZAM CADA VEZ MAIS ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA RESIDENCIAL

Vem crescendo a quantidade de consumidores que optam por gerar a própria energia por meio de fontes limpas como a energia solar fotovoltaica. Segundo estudo da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), este número vem crescendo acentuadamente nos últimos dois anos, graças à redução de cerca de 50% no preço dos geradores solares fotovoltaicos e dos aumentos das tarifas de energia elétrica, além de uma maior responsabilidade e conscientização dos consumidores em relação às questões socioambientais.

 

Atualmente, o número de conexões de micro e minigeração de energia chega a mais de 20 mil instalações, com atendimento a 30 mil unidades consumidoras, o que representa uma potência instalada de 247,30 MW. A classe de consumo residencial é a maior responsável, com 58,71% das conexões.

 

Segundo nosso diretor, Raphael Pintão, o interesse do consumidor pela geração solar tem crescido, “quem mais tem instalado são residências. Por causa do perfil de consumo, o sistema é muito vantajoso para os imóveis”, afirma.  Produzir a própria energia é simples e um excelente investimento. Entre as vantagens estão a economia na conta de luz, o aumento de preços e tributos não farão mais parte das suas contas; a valorização do imóvel no mercado, além da redução das emissões de CO2. Nós da NeoSolar auxiliamos os consumidores desde a escolha da solução, passando pelo projeto, financiamento, instalação e monitoramento online do sistema.

 

Ficou interessado e quer solicitar um orçamento? É só acessar o nosso site.

NEOSOLAR É DESTAQUE NO JORNAL DA CULTURA PRIMEIRA EDIÇÃO

A Neosolar Energia foi destaque em mais uma matéria, desta vez no Jornal da Cultura Primeira Edição, da TV Cultura, da última quarta-feira (6). Nela nosso diretor, Pedro Pintão, explica como funciona o sistema e fala sobre as expetativas da disponibilização de novas linhas de financiamento.

 

Para saber mais, assista a matéria na íntegra: http://bit.ly/29u45ZC

GLOBO NEWS DESTACA AS SOLUÇÕES DA NEOSOLAR ENERGIA

Na última semana, a Neosolar Energia foi destaque em matéria exibida no Jornal das Dez, da Globo News.

 

Na matéria, nosso diretor, Raphael Pintão, fala sobre os avanços da energia solar no Brasil e da própria Neosolar. Além disso, um de nossos clientes conta sobre as vantagens de produzir sua própria energia.

 

Saiba mais assistindo a matéria na íntegra:

 

http://bit.ly/29bt2VO

 

 

NEOSOLAR É DESTAQUE NO JORNAL FALA BRASIL

Na ultima semana, a Neosolar Energia foi destaque em matéria exibida jornal Fala Brasil da rede Record.

 

Nosso diretor, Pedro Pintão, falou sobre as vantagens de gerar sua própria energia e sobre as mudanças nas regras para microgeração feitas pela Aneel, que estão facilitando e estimulando o uso da energia solar residencial.

 

Saiba mais assistindo a matéria na íntegra:

 

Jornal Fala Brasil