× Tópico para dúvidas e respostas relativas ao funcionamento de sistemas fotovoltaicos conectados à rede (grid-tie)

MPP - Ponto de máxima potência

  • Gustavo
  • Avatar de Gustavo Autor do Tópico
  • Offline
  • Novato
  • Novato
Mais
6 anos 2 dias atrás #135 por Gustavo
Em relação ao MPPT (seguidor do ponto de máxima potência), o que é e como funciona?

Please Entrar ou Registrar to join the conversation.

Mais
6 anos 2 dias atrás - 6 anos 2 dias atrás #136 por Raphael Pintao
Olá Fabel,

Como o nome já diz, o MPPT procura o ponto de máxima potência para o sistema. Mas o que isso quer dizer?

Bem, a energia produzida pelo painel depende de muitas variáveis como a radiação, temperatura, angulo de incidência do sol, além de núvens, sombras, etc. A consequência disso é que a tensão e corrente fornecidos pelo painel (pela série, na verdade) ao inversor varia muito. Acontece que não necessariamente a corrente e tensão fornecidos são as melhores para o inversor e o sistema.

O MPPT portanto transforma a energia "bruta" e variável que chega ao inversor, na melhor relação de corrente e tensão para o funcionamento e eficiência do inversor. Isso é feito de forma a aproveitar da melhor maneira a energia. Imagine que o inversor recebe 1000w sendo 20A e 500V, mas ele teria melhor desempenho em 400V e 25A. O MPPT fará essa conversão. Veja que a potência permanece a mesma: 400x25=1000W, ou seja, ele não disperdiçou energia.

Em um sistema com baterias é ainda mais fácil perceber o ganho com o algorítimo MPPT.

Imagine que a bateria precisa ser abastecida com 14V, enquanto o painel de 100w fornece algo em torno de 18V ao controlador. Se o controlador tem algorítimo PWM (comum, sem otimização) ele simplesmente "derruba" a tensão para 14V, sem alterar a corrente e, portando, perdendo muita energia. Já com MPPT o controlador derrubaria a tensão e elevaria a corrente, mantendo a potência fornecida. Além disso, ele pode também variar os 14V de acordo com a tensão/carga momentânea da bateria, de forma a otimizar o processo de carga.

Espero que tenha ficado claro!!
Se ainda não ficou claro, a Neosolar pode te ajudar.

Abraço,

Raphael
Última Edição: 6 anos 2 dias atrás por Raphael Pintao.
The following user(s) said Thank You: Gustavo

Please Entrar ou Registrar to join the conversation.

  • Marcus Vinícius Koerich
  • Avatar de Marcus Vinícius Koerich
  • Offline
  • Novato
  • Novato
Mais
5 anos 6 meses atrás #219 por Marcus Vinícius Koerich
Raphael,

Ao pesquisar sobre o assunto em várias referências é dito que o MPPT irá captar a máxima potência do arranjo fotovoltaico, isto é, de forma ideal sempre o "joelho" da curva IxV do arranjo. Mas pelo exemplo que colocasse a potência seria a mesma de 1000W.

Um dos algoritmos mais usados é o de perturbação e observação no qual o inversor varia a tensão do arranjo e percebe se a potência de saída é maior ou menor. Se for maior, continua variando a tensão no mesmo sentido e se for menor a perturbação se dá em sentido contrário até que seja obtido o maior valor de potência do conjunto gerador fotovoltaico.
The following user(s) said Thank You: Luiz Silva

Please Entrar ou Registrar to join the conversation.

Mais
4 anos 6 meses atrás #534 por Erik
Quando é indicado a instalação do MPP ? é utilizado em sistemas ON-GRID ?

Please Entrar ou Registrar to join the conversation.

Mais
4 anos 5 meses atrás #581 por Raphael Pintao
É isso mesmo Markus, o que quis exemplificar é que o controlador MPPT transfere potência, da melhor forma que lhe for exigido, enquanto um algoritimo comum, como o PWM, apenas "corta" tensão e transfere corrente, resultando em menor potencia de saída.

Erik, sistema grid-tie sempre tem MPPT dentro ou fora do inversor, geralmente dentro.
(o termo on-grid eu não gosto e nunca vi fora do brasil..., acho que o pessoal associa com On-OFF, rs)

Nos sistemas off-grid, fica no controlador de carga e é uma opção. Custa bem mais caro e produz mais energia. Geralmente vale a pena se seu banco de baterias estiver em 48V ou pelo menos 24V (quase nunca...)
Se tiver um problema de espaço para as placas, então vá de MPPT!

Please Entrar ou Registrar to join the conversation.

Mais
1 ano 1 mês atrás #2414 por Tarciso Callegario
Rafael, bom dia e obrigado pela excelente explicação do MPPT. Tenho algumas dúvidas:
1) Quando na especificação do inversor on grid consta " 2 MPPT" significa que ele tem duas entradas diferentes?
2) Caso eu ligue dois inversores de 5Kw em paralelo em uma instalação que produza 10Kw ( para simplificar...) , se um dos inversores pifar o que acontece com a Amperagem excendente que irá incidir sobre o inversor remanescente? Nesse caso toda a potência gerada ( 10Kw ) fica disponível para apenas uminversor injetar na rede.
Obrigado,
Att. Tarciso Callegario

Please Entrar ou Registrar to join the conversation.

Tempo para a criação da página:0.099 segundos
Powered by Fórum Kunena