Potencia do Inversor

Mais
4 anos 2 meses atrás #703 por Deny
Olá Eduardo, quando precisar é só postar, tentarei responder dentro do que conheço e da minha experiência.

É compartilhando que as coisas acontecem.

Abs.

Deny

Please Entrar ou Registrar to join the conversation.

Mais
4 anos 2 meses atrás #709 por Raphael Pintao
Eduardo, Deny,

Na verdade, falando de sistemas grid-tie (microgeração), o usual é dimensionar entre 10 a 15% de "overpaneling" ou seja, se o inversor é de 10kw, colocamos entre 11 e 11,5 kWp.
Os próprios fabricantes dos inversores recomendam dimensionar dessa forma e temos feito assim há muito tempo.
Com relação a falhas, durabilidade, garantias, não muda nada. A única questão aqui é o aproveitamento do inversor (colocando o máximo de painéis possível), tomando cuidado para não desperdiçar energia (quando o inversor limita a saída)
A potência nominal do inversor é o máximo que ele suporta na saída. Como há muitas perdas por temperatura, cabeamento, inversor, etc, é conveniente superdimensionar os painéis dentro do limite onde não aconteça muita perda na saída. Mesmo acontecendo perdas eventuais (num dia de muita radiação e temperatura baixa, por exemplo), o melhor aproveitamento do inversor acaba se pagando se ficamos nesta faixa de 10 a 15% de overpanelling.
Acredito que até uns 20% seja aceitável, depois disso considero exagero.

Quanto a compatibilidade, não tem muito a ver com a potência, o problema é a tensão máxima e mínima do inversor. Na maioria dos inversores, será difícil atingir a tensão mínima se vc instalar apenas 60% da potência. Daí o inversor nem liga. Vc poderia fazer isso com paineis menores, pra somar mais tensão, mas não se se isso faz sentido, certo?

Muita gente pede pra deixar um inversor maior pra ir acrescentando placas, mas geralmente não dá pra fazer isso e um inversor aceita uma variação pequena no número de placas.

e o inversor tiver uma faixa de tensão mais "aberta" dá pra fazer mais mágica!

Abs,
Raphael

Please Entrar ou Registrar to join the conversation.

Mais
8 meses 2 semanas atrás #2571 por LuizNeves
Eduardo,

Quando a escolha do inversor, deve avaliar a qualidade, facilidade de instalação lembre que a qualidade dos módulos e configuração do sistema e até mesmo a forma de instalação influenciam no rendimento do inversor.

Quanto a potência do inversor, deve atender as recomendações dos fabricantes entre 80 a 120% de FDI.

É bem verdade que 40 a 50% da capacidade do inversor obtem-se o seu máximo rendimento.

Deve atentar quanto alguns fornecedores que ofertam kits e o FDI chega a 132%. A escolha desse fator tem influência no redimensionar e deve atentar quanto a tensão min com altas temperaturas e muitos módulos em fileiras ultrapassando faixa de MPPT devido só alto FDI.

Com FDI muito alto o inversor opera sobrecarregado, tem aquecimento e pode entra em falha ou danificar (vida útil )

Portanto, são equipamentos robustos e perdas 2% com relação ao rendimento e a má escolha do FDI é o que pode ocorrer.

Na dúvida, seja parceiro NeoSolar e conte com o time de soluções que tem o knowhow e não esqueça. .....

#Vem Pro Sol

Please Entrar ou Registrar to join the conversation.

Tempo para a criação da página:0.097 segundos
Powered by Fórum Kunena