Ligação de String Box por MPPT

  • André Ricardo Rossi
  • Avatar de André Ricardo Rossi Autor do Tópico
  • Offline
  • Novato
  • Novato
Mais
10 meses 2 semanas atrás #2519 por André Ricardo Rossi
Boa tarde!

Tenho um sistema a ser instalado com um Inversor Fronius de 2 MPPT.

Vou trabalhar com a String Box Ecosolys que possuí 2 entradas e uma saída, minha dúvida é a seguinte:

Como vou conectar 2 Mppts diferentes, eu preciso trabalhar com 2 String box ?
A string box utilizada possui apenas uma saída, logo, precisarei de 2 String box para ligar nas 2 MPPT's do inversor?

Essa string box com duas entradas e apenas uma saída eu posso utilizar quando serão dois conjuntos ligados na mesma MPPT correto? Assim eu faço um paralelo dos dois circuitos no disjuntor, dps e fusível?

Desde já, agradeço o empenho e auxílio prestados neste fórum.

Please Entrar ou Registrar to join the conversation.

Mais
10 meses 1 semana atrás #2522 por Gabriel Araújo
Boa tarde André!

Sim, para trabalhar com 2 MPPTs diferentes, você precisa de duas stringboxes 2x1, ou uma 2x2. O importante é ter duas saídas separadas na stringbox (ou conjunto de stringboxes) que você está usando. Por exemplo, uma 4x2 também atenderia esta situação.

E e a ideia é esta mesmo, esta stringbox serve para paralelar dois conjuntos que entram no mesmo MPPT. Lembre-se que para ligar duas strings no mesmo MPPT, elas precisam ser idênticas.

Espero ter ajudado!

Atenciosamente,
Gabriel Araujo

Please Entrar ou Registrar to join the conversation.

  • André Ricardo Rossi
  • Avatar de André Ricardo Rossi Autor do Tópico
  • Offline
  • Novato
  • Novato
Mais
10 meses 1 semana atrás #2528 por André Ricardo Rossi
Boa tarde Gabriel!

Primeiramente, gostaria e agradecer os esclarecimentos.
Aproveitando e pegando um gancho na sua explicação.
A instalação possui 2 strings de 15 placas, porém, não será possível que todas sejam instaladas na mesma parte do telhado.
Aproximadamente 9 placas de uma String serão instaladas em um outro telhado, mesma orientação, mesma angulação, porém, cerca de 1 metro abaixo do outro telhado.
A pergunta é a seguinte, isso pode interferir no aproveitamento da MPPT? Essa diferença apenas na altura, de 1 metro é irrelevante correto?

Desde já, agradeço pelo suporte!

Please Entrar ou Registrar to join the conversation.

Mais
10 meses 1 semana atrás #2529 por Gabriel Araújo
Boa tarde André!

Fico feliz que tenha ajudado!

Sobre a sua última pergunta, se for a mesma inclinação e mesma orientação, a princípio, não tem problemas. 1m de diferença é praticamente irrelevante. O que pode prejudicar a performance da string é caso os dois arranjos estejam sujeitos a condições de sombreamento diferentes. Neste caso, sempre que uma parte da string for sombreada, a string inteira perderá performance.

Para ajudar a entender as condições de sombreamento do local, recomendo usar algum software de simulação, e simular diferentes posicionamentos dos arranjos para minimizar este tipo de perdas.

Espero ter ajudado!

Atenciosamente,
Gabriel Araujo

Please Entrar ou Registrar to join the conversation.

  • André Ricardo Rossi
  • Avatar de André Ricardo Rossi Autor do Tópico
  • Offline
  • Novato
  • Novato
Mais
10 meses 1 semana atrás #2531 por André Ricardo Rossi
Bom dia Gabriel.

Apenas uma observação na sua resposta,

Caso o sombreamento ocorra em uma String que está ligada na mesma MPPT, a queda de eficiência também é atribuída para as células em paralelo? Visto que, com uma baixa eficiência a String produzirá uma menor tensão, assim, se comportará como carga perante aos outros conjuntos que estão em paralelo correto? No caso de inversores de 27 kWp da Fronius, por exemplo, tem-se apenas uma MPPT, normalmente com vários conjuntos de módulos em paralelo. Caso um desses conjuntos apresente queda de eficiência, isso afeta todo o paralelo?

Obrigado pelos esclarecimentos!

Please Entrar ou Registrar to join the conversation.

Mais
10 meses 1 semana atrás #2532 por Gabriel Araújo
Bom dia André!

Esta queda de eficiência no MPPT ocorre, mas não exatamente porque a string passa a receber corrente das demais. Os painéis possuem diodos de bypass, e normalmente coloca-se fusíveis em stringboxes com muitas strings em paralelo, que previnem este tipo de corrente reversa.

O que realmente causa a perda de eficiência no MPPT é que uma string sombreada apresentará valores de tensão e corrente diferentes das demais strings. Ou seja, o ponto de máxima potência dela será diferente do ponto de máxima potência das demais strings. Como o MPPT buscará o ponto de máxima potência para o arranjo inteiro, este ponto não coincidirá nem com o da string sombreada, nem com o das demais strings. Assim, a potência não estará otimizada para nenhuma das strings.

Inversores grandes com 1 MPPT como o Fronius Eco 27 foram feitos para sistemas muito grandes, nos quais é possível garantir que todas as strings estejam sujeitas à mesma inclinação, mesma orientação e mesmas condições de sombreamento.

Atenciosamente,
Gabriel Araujo

Please Entrar ou Registrar to join the conversation.

Tempo para a criação da página:0.098 segundos
Powered by Fórum Kunena